Parceiros

domingo, 16 de julho de 2017

Botucatu 34127 ( Caio Apache S21)

Em 2001, a então nova empresa do sistema urbano trouxe 48 veículos novos, todos da marca Caio e chassis da Volkswagen. A Botucatu que venceu licitação da CTC de pouco mais de 62 linhas, escalou na 315-Messejana/Parangaba 3 carros novos, que passaram pouco tempo e logo foram trocados por veículos 3 anos mais velhos, por conta da malha viária da rota que estava em péssimas condições. O MOB trouxe uma recordação de um dos 3 ônibus novos escalados na linha referida:


domingo, 9 de julho de 2017

Expresso Canindé 740 (Paradiso G6 1200)

Entre 2007 e 2008, a família Feitosa recebeu os últimos veículos com a pintura da Expresso Canindé, pois naquele momento a empresa mudaria o nome para Princesa dos Inhamuns.

Um dos carros adquiridos ganhou o prefixo 740, um belíssimo Marcopolo Paradiso G6 1200 equipado com toalete, ar-condicionado, chassi Mercedes-Benz O-500R, rodoar e o charme das janelas coladas. Veja uma bela imagem da época:


domingo, 2 de julho de 2017

São Cristóvão 6 (Argonauta)

A Grassi, que já foi considerada como a maior fabricante de carrocerias da América do Sul, vendeu nos anos 60 para a empresa São Cristóvão um exemplar do modelo Argonauta, que teve versões urbana e rodoviária.

O bairro Barra do Ceará, onde a empresa São Cristóvao fez seu alicerce principal para sua trajetória no transporte cearense, recebeu o ônibus novo, que fazia a ligação entre a região ao centro da cidade, como mostra a imagem abaixo feita na Praça José de Alencar.


domingo, 18 de junho de 2017

Autoviária Freitas 22040 (Caio Vitória)

Na trajetória da Autoviária Freitas, somente um ônibus possuiu o chassi Mercedes-Benz OF-1318, que foi adquirido em 1992.

O ônibus de carroceria Caio Vitória mantinha o prefixo 22040, e chegou 0Km ostentando a pintura tradicional da companhia do saudoso Paulo Maria de Freitas. Logo com a criação do Terminal Siqueira, a empresa implantou uma porta central e o pintou com p padrão troncal. Em 2000, o carro foi renumerado para 22240 e encerrou suas atividades em 2003, quando infelizmente foi levado da empresa para ser leiloado.


domingo, 11 de junho de 2017

São Vicente de Paulo 01012 (Torino LN)

Nos anos 90, ainda era possível identificar as empresas através de suas pinturas. Na região do Pirambu, os ônibus brancos com ''saia'' verde marcaram a presença da Autoviária São Vicente de Paulo nas linhas da região.

Um dos carros que compunham a frota daquela década foi o Marcopolo Torino de prefixo 01012, que tinha o chassi OF-1315. O carro foi fotografado enquanto operava na linha 102-Vila Santo Antônio, que ainda era operada por veículos leves. Confira a imagem:


domingo, 4 de junho de 2017

Rápido Juazeiro 098 (Viaggio G4 1100)

No auge de sua trajetória, a Rápido Juazeiro possuiu um Marcopolo Viaggio G4 1100 que ofertava o serviço leito.

O ônibus, raro, imponente, com motorização traseira da Scania, possuía o chassi K112CL era visto operando em linhas da região do Cariri cearense, onde seu ''berço'' era mantido. O carro em questão possuía o prefixo 098, e foi um dos possantes veículos que marcaram a história da empresa de Raimundo Ferreira, que também era proprietário da empresa Viação Brasília (de Juazeiro do Norte) e Rio Negro. Confira a recordação:

domingo, 21 de maio de 2017

CTC 09155

Em 1993, ano em que o Brasil sofreu uma hiperinflação* que chegou a 2,500%, a Companhia de Transporte Coletivo-CTC estava adquirindo 15 novos ônibus, todos eles equipados com o chassi Volvo B58 com câmbio automático e carroceria Caio Vitória.

Um deles ganhou o prefixo 09155, que foi renumerado em 2000 para 09315 e rodou em diversas linhas da companhia, como a 066-Parangaba/Papicu via Aeroporto. Confira a foto de quando ele estava novo:


* Inflação com taxas superiores a 50% a.m

domingo, 14 de maio de 2017

Expresso Serra Grande (Nielson Diplomata)

Durante suas operações, que compreendeu o período entre 1994 e 2005, a Expresso Serra Grande possuiu um Nielson Diplomata 350 de fabricação do ano 1988.

O ônibus possuía o chassi Volvo B58 e era um dos robustos veículos que passaram pela empresa. A foto a seguir mostra o veículo com o destino Pacujá x Sobral, uma das linhas que a lendária companhia atendeu: